Los Angeles Galaxy vs New York Red Bulls

by Zeh on October 5, 2011

Ontem fui assistir um jogo da Major League Soccer – o campeonato nacional daqui – entre o LA Galaxy de David Beckham e o Red Bulls de Thierry Henry e Rafa Marquez. O jogo foi no Red Bull Arena, em Nova Jersey.

Red Bull Arena

Apesar do time do Red Bulls ser de Nova York, o estádio deles fica em outro estado – em Nova Jersey. Ainda assim, chegar lá é relativamente fácil – 20 minutos de Manhattan, via trem. Sair é outra história; levei 2 horas pra voltar, devido à superlotação do trem e a problemas em uma das linhas.

De qualquer forma, fiquei impressionado com a qualidade do estádio. Apesar de ser relativamente pequeno – cabem 25000 pessoas sentadas – é um estádio de primeira em todos os sentidos. A grama tem tamanha qualidade e é tão uniforme que, à distância, achei que era gramado sintético. Até a cerveja do estádio é ótima.

O que deixou um pouco a desejar, no entanto, foi o futebol.

Esse jogo tinha tudo pra ser um clássico, já que é um jogo entre dois dos maiores times do país – times estes com várias estrelas internacionais, trazidas do futebol europeu.

O resultado, no entando, foi um jogo truncado, onde os jogadores pareciam mais preocupados com passar a bola pra algum colega do que efetivamente marcar um gol. Eu provavelmente sou suspeito pra falar, mas a impressão que deu é que era aquela típica diferença do jogador Sulamericano com o Europeu – enquanto o Sulamericano usa da garra pra resolver a jogada, o Europeu (ou, neste caso, Norte-Americano) quer resolver na base dos fundamentos técnicos com passes, jogadas treinadas à exaustão e erros do adversário. Vira um jogo de deixa-que-eu-deixo onde ninguém dribla e todo mundo tem medo de chutar pro gol. Não me surpreende que tenham tantos jogadores ingleses nos times da MLS.

O pragmatismo e a eficiência típicos da cultura local não funcionam tão bem dentro do campo. O futebol local está chegando lá, mas a impressão que eu tenho é que ainda faltam fominhas pra resolver a parada.

  • Antônio

    Zeh. Fora o Donovan (ele ainda joga?), ninguém nos States joga bola, incluindo os INSS estrangeiros, que estão aí só para promover o esporte. Os gringos ainda acham que futebol, por ser lentíssimo em comparação com basquete, baseball e vôlei, é esporte para meninas.

  • Nelson Silva

    E o resultado da partida?

  • Zeh

    Nelso: NY Red Bulls 2-0 LA Galaxy. Thierry Henry homem da partida, pelo menos quando ele resolveu jogar.